Olhar Conceito

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Moda

Marca mergulha no e-commerce, ganha novo mercado e decide não reabrir em shoppings

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jun 2020 - 15:30

Foto: Ratts

Marca mergulha no e-commerce, ganha novo mercado e decide não reabrir em shoppings
Quando se viram impedidos de continuar suas vendas presenciais nas quatro unidades das Lojas Mabi em decorrência da pandemia do novo coronavírus, os sócios Amanda Rosa Manzano, 30, Ana Flavia Rosa Manzano, 26 e Henrique Ratts Freitas, 29 tinham duas alternativas: lamentar-se ou inovar. Como a segunda opção já era algo que eles carregavam no DNA da empresa, não restou dúvidas. Um site de vendas foi construído em três dias, e, quase três meses depois, o faturamento foi tão bom que já não faz mais sentido continuar nos shoppings da cidade. A marca se reposicionou para atender ao que eles acreditam que será este ‘novo consumidor’ pós-pandemia.

Leia também:
Irmãs criam Instagram para vender roupas e reverter lucro em doações de cestas básicas
 
A primeira loja da marca foi inaugurada no dia 1 de agosto de 2016, no centro de Cuiabá. Na época, muitos colegas os desencorajaram, pois o país passava por uma crise econômica. Mas eles não se amedrontaram. Um ano depois, já estavam abrindo a segunda unidade. “Agora estamos iniciando uma nova fase, mas colhendo frutos de todo um trabalho que vem desde antes”, comemora Amanda. “Foi um reposicionamento da marca,  a gente resolveu fazer isso pra cuidar desse novo consumidor que está carente de novidades. As pessoas continuam fazendo mais do mesmo, mas nós sempre tivemos como um forte valor da empresa a inovação”.
 
A decisão de migrar para o comércio virtual veio logo após a reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro, quando os comerciantes souberam que teriam que fechar suas lojas. O encontro foi numa quinta-feira, e no sábado o site das lojas Mabi já estava no ar. “Nossa empresa sempre teve o propósito inegociável de inovar”, explica Henrique. “A gente sempre via o que ainda não tinha no mercado, como o plano de fidelidade, fomos também um dos primeiros a fomentar a comprar online com retirada em loja, então sempre estivemos atentos à questão do mercado”, completa.
 

 
Antes dessa nova fase, a loja já fazia vendas online via WhatsApp e Instagram, mas agora investiram no conceito de ‘Omni-Channel’, em que todos os canais da marca são integrados para atender o consumidor. “Entendemos que o principal efeito seria que existiria um mercado antes e um pós-pandemia. Agora estamos num momento de transição”, explica Henrique. Segundo o empresário, o ‘novo consumidor’ prioriza a comodidade, a confiança na marca e a segurança, além do preço, já que, a apenas um clique, ele pode fazer comparações para conseguir uma compra mais inteligente.
 
Neste ‘Omni Channel’, os clientes das lojas Mabi veem as novidades pelo Instagram – durante o ‘plantão’ em que são publicadas as novas coleções -, depois são direcionados para compra pelo site ou WhatsApp e, por fim, podem fazer as trocas na loja física – já que a matriz, localizada no centro da cidade, continua funcionando.
 
A loja matriz, inclusive, deve ser expandida. "Será um novo conceito que proporciona uma experiência de compra diferente para o cliente, onde ele poderá ir para comprar ou para retirar sua compra feito pelos canais online", completa Amanda. Com isso, quase nenhum funcionário teve que ser demitido: ou foram realocados para o centro, ou para as vendas online.
 
Estas inovações fizeram com que a Mabi atingisse um mercado que não tinha antes, como o do interior e até mesmo de outros estados. “Com o lançamento do e-commerce nosso faturamento quase dobrou em relação às lojas. Então a gente entendeu que esse novo consumidor já existe, e a gente percebeu que não conseguiria mais atender a demanda de todas as lojas do shopping mais as vendas online. Foi uma decisão natural, o mercado redirecionou o nosso negócio”, finaliza Henrique.
 
Serviço
 
Lojas Mabi
Instagram 
Site 
Serviço ao consumidor: (65) 99995-6203
Endereço da matriz: R. Estevão de Mendonça, Nº 914 - sala 02 – Centro, Cuiabá

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eita
    06 Jun 2020 às 12:16

    Isso é empredorismo, não ficar de mimimi pra abrir e contaminar as pessoas. Parabéns aos empresarios e sucesso.

  • Cristiane cajango
    05 Jun 2020 às 22:44

    Fico feliz por elas, sempre estiveram presentes nas lojas, parabéns e Boa sorte nesse novo caminho.

  • Camila
    05 Jun 2020 às 22:41

    Queria só saber para onde esse povo está indo com roupas novas na quarentena!

  • Moacir
    05 Jun 2020 às 19:29

    Parabéns,ñ conheço mais e um excelente exemplo a ser divulgado. ( TODA VEZ QUE ESTIVE DIANTE DE UMA GDE DIFICULDADE POR ACREDITAR VC ESTÁ DIANTE DE UMA GDE OPORTUNIDADE).

  • Ricardo Lopes
    05 Jun 2020 às 17:37

    Resultado de muito trabalho e estudo!! O sucesso não tem limite e eu que acompanho todo esse processo Mabi desde o início me encho de orgulho de vcs!! Mabi = inspiração... Deus abençoe sempre ????

  • Fátima
    05 Jun 2020 às 16:32

    Parabéns elas são fantásticas ,roupas de ótima qualidade ,e preço justo.....

Redes Sociais

Sitevip Internet