Olhar Conceito

Sexta-feira, 03 de julho de 2020

Notícias / Diversão e Lazer

Favo de Mel em Cuiabá é mais um restaurante a fechar as portas por causa da Covid-19

Da Redação - Érika Oliveira

01 Jun 2020 - 20:01

Foto: Fabiana Mendes/Olhar Direto

Favo de Mel em Cuiabá é mais um restaurante a fechar as portas por causa da Covid-19
O restaurante Favo de Mel em Cuiabá, franquia da rede de churrascarias do cantor sertanejo Marrone, da dupla com Bruno, informou nesta segunda-feira (01) que encerrou suas atividades na Capital de Mato Grosso. O motivo, de acordo com a empresa, foi o quadro de incerteza econômica gerado pela pandemia do coronavírus. A churrascaria esteve envolvida em diversas polêmicas desde sua abertura.
 
Leia mais:
Cão Latino anuncia encerramento das atividades por causa da pandemia do coronavírus
 
“Passamos por momentos altos e baixos, vivenciando situações delicadas, às quais nunca fugimos das responsabilidade, buscando sempre fazer as devidas correções para poder oferecer sempre produtos e serviços de qualidade. Diante dos fatos e das incertezas econômicas do momento crítico que estamos vivendo devido a pandemia, reduzimos despesas e tivemos significativa redução de nossas receitas. Sendo assim, não conseguimos encontrar motivação para continuarmos desempenhando com a mesma qualidade, diversão e alegria nossos trabalhos”, diz trecho do comunicado divulgado nas redes sociais do restaurante.
 
A ‘Favo de Mel’ iniciou suas atividades em Cuiabá no ano passado. A franquia foi inaugurada em 2015 na cidade de Goiânia. O nome foi escolhido pelo cantor Marrone devido ao grande sucesso da música que leva o mesmo nome.
 
Em Goiânia, a casa costuma receber clientes famosos, como Neymar, Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Rodrigo Faro e várias duplas sertanejas. Em Uberlândia, o cantor Alexandre Pires se tornou sócio de uma das unidades.
 
Já em Cuiabá o restaurante se envolveu em diversas polêmicas. Primeiro, após denúncias de que diversas pessoas teriam passado mal após comer no local. Depois, com a divulgação de vídeos em redes sociais de larvas na comida servida pelo restaurante. Além disso, em março deste ano uma mulher  teve um cartão de crédito e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) furtados após entregar o carro ao manobrista da churrascaria.
 
 

16 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gian Souza
    03 Jun 2020 às 05:14

    Jogada de marketing, podem esperar: ou vao reabrir como filial do Grupo "Nativa Churrascaria", usando a propaganda que a Nativa atravessou a crise mais forte do que nunca ou se forem mais inteligentes, vão reabrir com o retorno da "Gaúcha", a propaganda será quase um retorno da fênix depois do Covid, um resgate de um tempo bom, afinal, great times are coming depois do Covid.

  • Moreira
    02 Jun 2020 às 22:33

    Bota na conta do Paletó

  • Haroldo Jr
    02 Jun 2020 às 13:03

    Faz bem à cutis ver empresários coxinhas também sofrendo com pandemia.

  • Alexandre
    02 Jun 2020 às 11:47

    Para mim essa história de fechar por causa do Covid é conversa fiada, estão aproveitando da época para fechar devido a inúmeros problemas e depois reabrem com outro nome só para sair da rejeição do atual nome e serviços. Ao invés do nome atual poderia reabrir depois com o nome " Melou". Kkkk

  • Vilson Peres
    02 Jun 2020 às 10:37

    Põe na conta do PREFEITO EMANUEL Pinheiro.

  • Bia
    02 Jun 2020 às 09:55

    Kkkkkkk. Durou muito. Só servia carne crua e sangrando. Comida de cachorro. Adorei a notícia

  • Chico Bento
    02 Jun 2020 às 07:59

    O que tem a ver Favo de Mel com churrascaria? Nome muito impróprio para o ramo de carnes.

  • Fernando
    02 Jun 2020 às 07:36

    7,90 uma latinha de refrigerante, pra vc comer comida estragada ou com bicho, já vão tarde. #VOLTAGAUCHA.

  • Sther
    02 Jun 2020 às 06:34

    Não vai querer colocar a culpa no corona né?! Sabemos que poderiam fechar muito antes da pandemia pelos problemas ocorridos!

  • ZE NINGUÉM
    02 Jun 2020 às 06:30

    "Em Goiânia, a casa costuma receber clientes famosos, como Neymar, Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Rodrigo Faro e várias duplas sertanejas. Em Uberlândia, o cantor Alexandre Pires se tornou sócio de uma das unidades.". QUANDO ESSE CRISE PASSAR, E A CHURRASCARIA REABRIR, DE UM MELHOR TRATAMENTO PARA NOS, OS ZE NINGUÉM QUE NAO SAO FAMOSOS. ENTENDAM COMO BEM QUISEREM.

Redes Sociais

Sitevip Internet