Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Diversão e Lazer

Prefeitura permite realização de eventos com até 200 pessoas

Da Redação - Isabela Mercuri

04 Mai 2020 - 10:08

Foto: Reprodução

Prefeitura permite realização de eventos com até 200 pessoas
A Prefeitura de Sinop (500km de Cuiabá) permitiu, no decreto 088/2020, a realização de eventos com até 200 pessoas a partir desta segunda-feira (4), desde que realizados antes da meia-noite. Desta forma, ficam permitidos casamentos, palestras e outras reuniões.

Leia também:
Salões de beleza e clínicas de estética reabrem nesta segunda-feira em Cuiabá
 
O decreto foi emitido pela prefeita Rosana Martinelli na última quinta-feira (30). Segundo o documento, ficam proibidos os eventos entre as 00h e as 5h da madrugada. Também já podem funcionar na cidade bares, restaurantes, e as aulas devem voltar gradualmente – desde que respeitando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).
 
Sinop tem 20 casos confirmados do novo coronavírus, e duas mortes. Está atrás apenas de Rondonópolis (219km de Cuiabá), que tem 50, e Cuiabá, com 144 casos. No decreto não há especificações sobre como devem ocorrer os eventos.
 
No mesmo dia que emitiu o decreto permitindo os eventos, a Prefeitura também passou a permitir a retomada gradativa das aulas em escolas públicas e privadas. No sábado (2), a assessoria informou que serão adicionadas duas novas determinações: de que o retorno nas escolas particulares é facultativo, ficando a critério do estabelecimento, e que nas escolas públicas, será facultado aos pais dos alunos os enviarem para as salas de aula ou os manterem em casa, tendo aula on-line ou por meio de materiais impressos que podem ser retirados nas escolas.

Críticas

Em coletiva na manhã desta segunda-feira (4), o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, criticou a decisão de Rosana Martinelli. "A cidade já possui números altos do novo coronavírus. Teve mortes e ainda têm pacientes internados. Liberar tudo é um erro. A ordem é que cada executivo avalie seu município, mas Sinop tem números altos. A flexibilização é sempre um risco para aumento de casos", ponderou o secretário.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet