Olhar Conceito

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Notícias / Religiosidade

Apesar de liberação de Bolsonaro, missas em Cuiabá seguem online; crisma e 1as eucaristias podem ficar para 2021

Da Redação - Isabela Mercuri

26 Mar 2020 - 10:04

Foto: Reprodução

Apesar de liberação de Bolsonaro, missas em Cuiabá seguem online; crisma e 1as eucaristias podem ficar para 2021
Apesar do presidente Jair Bolsonaro ter incluído igrejas na lista de ‘serviços essenciais’ em decreto e, assim, liberado os encontros religiosos, em Mato Grosso as missas continuam online. Segundo o arcebispo metropolitano de Cuiabá, Dom Milton, a orientação é a mesma de antes e segue a determinação da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Leia também:
Dom Milton suspende missas em Cuiabá a partir de 20 de março
 
“A minha [opinião] continua a que eu já dei , como a CNBB, não muda nada”, afirmou o arcebispo ao Olhar Conceito. Segundo Dom Milton, antes mesmo da CNBB ter se posicionado, ele já tinha se reunido com os párocos em uma palestra, com um médico, e alertado para esta necessidade.
 
Ainda não há nenhuma perspectiva para que os encontros voltem a ser presenciais. “Preciso perguntar pro senhor coronavírus”, brinca. “Isso não aconteceu nunca, aconteceu agora. O pessoal faz muito alarde... fica mudando toda hora. [Mas] não é porque um falou [que vai mudar]. Aqui nesse navio dom Milton é o capitão”.
 
Segundo o arcebispo, se a situação se estender até o meio do ano, as primeiras eucaristias e crismas podem ser adiadas para 2021. “Não vamos fazer uma preparação a toque de caixa, a catequese precisa se preparar. São sementes que nós colocamos, então ela não nasce de repente, dê tempo ao tempo”, explica.
 
Em relação aos casamentos, Dom Milton lembra que não são realizados durante a quaresma, e afirma que ainda não recebeu notícias sobre cancelamentos dos párocos, que são os responsáveis por estes agendamentos.
 
“Nós sairemos dessa situação se Deus quiser mas enriquecidos, estamos percebendo que o mundo é muito pequeno, que não existem nações, estamos todos na mesma situação e precisamos nos ajudar. Somos muito pequenos, mas também  somos grandes quando nos unimos”, finaliza.

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jose marcio
    27 Mar 2020 às 08:39

    o decreto do presidente autoriza as igrejas a ficar ABERTA , e não a realização de culto, missa... deixa de ser maldoso, e mostra a verdade

  • Ana Helena Santana da Silva
    27 Mar 2020 às 08:08

    Dseveria abrir. as. Igrejas para. Adoraçao.. Pois se ficar aberta o dia todo não terá aglomeração

  • Mixtense
    26 Mar 2020 às 22:13

    Poderia pelo menos abrir as portas, para os fiéis fazer uma oração e reflexão. Ontem e hoje fui na catedral e Bom Despacho respectivamente e estavam fechados. Enquanto isso as igrejas evangélicas estão abertas a respeito aos seus fiéis. Apesar de Deus é só um. Ele sim é a razão das nossas vidas e soberano. Obrigado Deus pela vida, o Senhor é bom. Tanto que nós te derespeitamos com as nossas atitudes, o Senhor sempre tem misericórdia e compaixão pelos seus filhos.

  • Barriga de pote.
    26 Mar 2020 às 19:20

    Vamos sair dessa se Deus quiser. Solta a voz!

  • OSÉIAS BATISTA ROCHA
    26 Mar 2020 às 13:01

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Redes Sociais

Sitevip Internet