Olhar Conceito

Sexta-feira, 07 de agosto de 2020

Notícias / Diversão e Lazer

Blocos são desclassificados e 'Boca Suja' se consagra como vencedor do Carnaval da Gente

Da Redação - Bruna Bom

27 Fev 2020 - 15:17

Foto: Davi Valle - Prefeitura de Cuiabá

Blocos são desclassificados e 'Boca Suja' se consagra como vencedor do Carnaval da Gente
O bloco Boca Suja, por cumprir os pré-requisitos acordados em regulamento para o desfile no Carnaval da Gente 2020,  levará para casa a premiação no valor de R$ 35 mil. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal de Cuiabá, com realização da Nilmo Eventos, que será a responsável pelo pagamento da premiação à equipe. 

Leia mais:
Prefeitura recolhe mais de 30 toneladas de lixo durante eventos do carnaval


O Carnaval da Gente foi realizado no período de 22 a 25 de fevereiro, no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro. O secretário  municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo agradeceu nesta quarta-feira (26) a participação dos blocos e destacou todo o empenho das equipes envolvidas e do prefeito Emanuel Pinheiro em garantir quatro dias de festa.

Durante a apuração e análise de cumprimento dos critérios nesta tarde, a comissão julgadora constatou que os blocos Vaidade, Unidos do Carumbé, Império Casa Nova, Unidos do Araés e Melados, desrespeitaram o pré-requisito de tempo mínimo de desfile. De acordo com capitulo III, ART. 14 do documento elaborado e assinado por todos os responsáveis, o tempo mínimo para apresentação de cada bloco deveria ser de 50 minutos. Já o tempo máximo previsto era de 60 minutos. "Abaixo desse tempo o bloco será desclassificado", descreve o artigo que consta no Capítulo III (Dos Deveres e Penalidades) do Regulamento.

O presidente do Bloco Boca Suja, Gabriel Augusto, comemorou o título.  "A notícia é boa e campeão é campeão. Nós cumprimos à regra do regulamento. É justo. Tínhamos 50 minutos para o desfile e colocamos pessoas para controlar o tempo". O bloco empregou total de 52 minutos e 41 segundos para apresentação. Já o Unidos do Carumbé empregou 29 minutos e dois segundos.  O Império da Casa Nova, 29 minutos e 41 segundos. Outro bloco, o Unidos do Araés usou 31 minutos e 16 segundos. Já a equipe Melados gastou  34 minutos e 38 segundos, enquanto o bloco Vaidade desfilou em 32 minutos e 4 segundos.

Ainda sobre as normas, o secretário Vuolo explica que o "o regulamento foi elaborado por uma comissão de representantes dos blocos, eles tiveram total autonomia para fazer as regras do próprio desfile. Quanto ao pagamento, ele também está determinado no documento que será feito pelo patrocinador, então a Prefeitura de Cuiabá não tem como interferir. O artigo 36 do regulamento diz que o documento é soberano", explicou Vuolo citando ainda que os demais blocos têm cinco dias úteis pra entrar com recurso que será avaliado em conjunto com à Procuradoria Geral do Município (PGM).

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • curimbatá
    27 Fev 2020 às 19:59

    SARDADE DO GRANDE PACHECO. TCHEGAVA O MES DE JANEIRO AQUI DE CASA JÁ ISCUTAVA O ENSAIO DA BATERIA. QUE SAUDADE...

  • curimbatá
    27 Fev 2020 às 19:48

    A VERDADEIRA BOCA SUJA É A DO BAIRRO POÇÃO. LIGADA AO MIXTO ESPORTE CLUBE, DA SAUDOSA TORCEDORA NHÁ BARBINA. AGORA VEM FALAR QUE É DO CPA? RELEMBRAR É VIVER...

  • Jair
    27 Fev 2020 às 18:55

    O desfile tem seu regulamento que foi elaborado pelos blocos mesmo e todo ano tem uma reunião pra ver se precisa mudar algo e esse ano todos aceitaram e quiseram permanecer o regulamento. Então ! Mas do que justo quem cumpriu o regulamento ganhar...

  • Cuiabano da Baixada
    27 Fev 2020 às 16:07

    Estive no local com minha família e tenho uma visão formada do evento : 1 - quesito policiamento muito bom , não temos o que queixar , apenas o fato de que todo menor , mesmo acompanhado dos pais tinham que estar portando documentos de identificação caso contrario não estavam entrando mesmo . Não acho isso ruim , porém poderiam estar anunciando antes do evento , coisa que não foi feita , talvez isso contribuiu de certa forma para o FRACASSO de público já que vi inúmeras famílias voltando para casa onde duvido que retornariam para buscar documentos. 2 - PÉSSIMA em todos os quesitos a iluminação do local. Uma lástima a iluminação da passarela de desfile , onde a baixa iluminação ofuscou o brilho das fantasias . ILUMINAÇÃO PÉSSIMA. 3 - Escolas de samba do Rio de Janeiro a exemplo da Magueira teve 4.000 mil componentes para passar num tempo máximo de 70 min . É muito tempo que estipularam para os blocos passarem , a festa fica chata e cansativa . O primeiro bloco devia por alto ter uns 200 integrantes , tinha um cavaco e um cara desafinadíssimo cantando . Que enjoativo , que chatice. Acho que 30 min minimo e máximo de 40 min é mais que suficiente . Não cansa o povo que assiste já que por conta da PÉSSIMA ILUMINAÇÃO e outras coisas mais , se quisessem aproveitar mais o desfile

  • Zeca
    27 Fev 2020 às 15:33

    Gostoso era disputa entre beleza pura e urubu cheiroso.

Redes Sociais

Sitevip Internet