Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Artes visuais

Nove artistas de MT são selecionados para Bienal em São Paulo

da Redação - Isabela Mercuri

06 Jan 2020 - 11:00

Foto: Reprodução / G1

Bienal em 2018

Bienal em 2018

Nove artistas de Cuiabá estão entre os selecionados para integrar a 15ª Bienal Naïfs do Brasil, que acontece em Piracicaba, São Paulo, em agosto de 2020. A mostra tem curadoria de Ana Avelar e Renata Felinto e, no total, serão 212 obras de 125 artistas, representando 21 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Leia também:
Prêmio de Fotografia tem inscrições abertas e vai pagar R$30 mil a vencedores

As inscrições aconteceram entre 17 de setembro e 17 de novembro de 2019. Foram 980 obras inscritas, de 530 artistas, naturais dos 26 estados e o Distrito Federal. A bienal nasceu das mostras anuais realizadas pelo Sesc Piracicaba de 1986 a 1991, e teve a sua primeira edição em 1992, na mesma cidade.

“Naïf é um termo de origem francesa, derivado do latim nativus. Sugere algo natural, ingênuo, espontâneo, tendo sido utilizado originalmente no campo das artes para descrever a pintura e as propostas do artista modernista francês Henri Rousseau (1844-1910). A adoção do termo pela Bienal, no plural e desvinculado da palavra "arte", evidencia seu foco no artista e em suas manifestações diversas e múltiplas, deixando em aberto os possíveis significados e características do que é ser naïf”, explica o site oficial.

A seleção dos artistas acontece tanto por edital aberto quanto por convite, a partir da formação de uma comissão de curadores, artistas e pesquisadores. O objetivo principal da mostra é incentivar a produção artística popular e oferecer espaços para sua apreciação, além de estimular o pensamento crítico a seu respeito.

Veja os artistas e obras de Cuiabá:

Adão Domiciano – Colheita do Café; Doce Infância
Albina Santos – Rasqueado Cuiabano; A Tourada no Pantanal
Toninho Guimarães – Ponte quebra sobre o rio duas onça espera acima Um Senhor na dúvida para prosseguir a caminho; A viola de cocho: instrumento típico de Cuiabá
Benedito Silva – Festa cuiabana; Pé de Viola de Cocho
Rimaro – Povos unidos e acolhedor; Derrubando muros
Olímpio Bezerra – Casamento Forçado; Tarde de domingo
Ruth Albernaz – Caminhada Noturna; Paisagem aquática do Pantanal
Valdivino Miranda – A procissão; A aldeia
Wander Carlos – Siriri em Piracicaba; Rio Cuiabá

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet