Olhar Conceito

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Moda

Desfile de moda inclusiva leva 33 pessoas com deficiência para a passarela

Da Redação - Isabela Mercuri

23 Set 2019 - 11:01

Foto: Carolina de Vita / GCom

Desfile de moda inclusiva leva 33 pessoas com deficiência para a passarela
O primeiro Desfile de Moda Inclusiva e Acessível realizado pelo governo de Mato Grosso aconteceu no último sábado (21), no shopping Estação Cuiabá, e reuniu na passarela 33 pessoas, com todos os tipos de deficiência. O evento foi organizado pela primeira-dama Virginia Mendes em parceria com diferentes entidades públicas e empresas privadas.

Leia também:
Assistente social de Guiné-Bissau encanta cuiabanas com tranças e roupas de tecido africano

“A primeira-dama Virginia Mendes realizou bem mais que um sonho. Eu sempre tive vontade de levar para as passarelas pessoas com deficiência para mostrar que não estamos em busca apenas de valorização, mas de oportunidade dentro da moda inclusiva e acessível. Queremos mostrar ao público que essas pessoas com deficiências são consumidoras e que os lojistas devem ter um olhar diferenciado para que nós sejamos bem recebidos, pois gostamos e temos vaidade”, explicou a superintendente estadual de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Tais Augusta de Paula. 

Foi Tais quem apresentou a ideia à primeira-dama, no início do mês de agosto, junto ao presidente do Conselho Estadual de Defesa das Pessoas com Deficiência (Conede), Luiz Carlos Grassi. O projeto foi incluído no programa “SER Inclusivo”, cujo foco é atuar em ações voltadas à superação, à esperança e na busca pelo respeito às diferenças.

Uma das pessoas que desfilou no último sábado foi Eva Santana, de 39 anos, portadora de nanismo e com 90 centímetros de estatura. Antes do desfile, ela relatou uma das principais dificuldades enfrentadas na hora de comprar suas peças de roupas. “É difícil encontrar roupas pra gente, pois quando encontramos não serve na largura, temos que tirar um pedaço do comprimento. Minha seção de roupas é a infanto-juvenil”.

O secretário da Casa Civil em exercício, Tony Rachid, destacou que nesta gestão, o Governo de Mato Grosso vai sempre ter este olhar sensível e atuante em prol de todos os públicos, em especial aos que carecem de uma atenção maior.

Ele citou, por exemplo, a recente instalação do elevador para pessoas com deficiência nas dependências do Palácio Paiaguás. “A sede do poder executivo estadual existe há 40 anos e neste tempo nunca teve um elevador para o público com deficiência. E assim que assumiu, o governador Mauro Mendes determinou que instalássemos este elevador. Isto parece simples, mas para quem não tinha como transitar pelas dependências do Palácio representa inclusão. Estamos atuando em outras frentes, sempre pensando nas melhorias para a população mato-grossense”.

O desfile inclusivo integrou a 5ª Semana Estadual da Pessoa com Deficiência, realizada em consonância com Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado no dia 21 de setembro. Neste período, o Governo de Mato Grosso promoveu diversas ações para conscientizar sobre a importância do desenvolvimento de meios de inclusão das pessoas com deficiência na sociedade.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet