Olhar Conceito

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Dr. Juliano Slhessarenko - Cardiologia

Novo colunista alerta: Não vá ao cardiologista antes de ler isto!

Dr. Juliano Slhessarenko

14 Jun 2018 - 14:52

Novo colunista alerta: Não vá ao cardiologista antes de ler isto!
Pressão alta, infarto, prevenção, o que fazer antes de procurar um médico. O leitor do Olhar Conceito terá essas e diversas outras informações a partir desta quinta-feira (14), com a contribuição do novo colunista, o cardiologista intervencionista Juliano Slhessarenko.

Leia também:
Filha de mestre de obras e costureira: Conheça a cardiologista que trouxe R$1,2 bi para a Unimed em 2017

Cuiabano de 38 anos, Juliano se formou em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em 2004, fez clínica médica na Santa Casa de Porto Alegre e cinco anos de cardiologia e intervenção no Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo capital.

O médico ainda tem pós-graduação em terapia intensiva pelo Hospital Albert Einstein, e é doutor em cardiologia pela Universidade de São Paulo. Em Cuiabá, ele atende na ClinMed, no Jardim Europa, e no Instituto de Obesidade e Cirurgia, no jardim Itália.

Em suas colunas, Dr. Juliano pretende falar tudo sobre coração: dicas, pressão alta, como aferir corretamente a pressão dos pacientes e mais. Nesta primeira, ele responde tudo que você deve ler antes de ir ao cardiologista. Confira:
 
Não vá ao cardiologista antes de ler isto!

Nos meus 15 anos atuando como médico e cardiologista existem dados básicos que todo paciente deve conhecer para contar ao médico durante uma consulta.

1- Saiba e faça uma aferição regular da pressão arterial em casa

Muitas pessoas vão a consulta ou dizem ter alteração da pressão arterial por medidas erradas de pronto atendimento ou farmácias. Lembre-se sempre que o mais importante é a média da pressão arterial realizada durante 03 dias 03 vezes ao dia. E o correto é medir a pressão arterial regularmente em casa com aparelho de braço aprovados pela Anvisa. Portanto tenha o seu próprio aparelho de pressão arterial em casa (compre um).

2- Saiba sua história familiar

A história familiar de infarto e acidente vascular encefálico em parentes de primeiro grau está fortemente relacionado a maior risco cardíaco. A genética é muito importante e determinante.

3- Saiba os nomes corretos dos remédios que usa

Saber os nomes dos remédios e as doses de cada um é fundamental para ajudar o cardiologista no ajuste de dose e troca de medicamentos. Muitos pacientes não usam adequadamente e não sabem para que serve cada um. Pergunte ao seu médico e tente entender a função de cada remédio. Isto pode aumentar a adesão.

3- Traga seus exames prévios

Trazer os exames previamente realizado pode ajudar a entender seus sintomas e evita solicitar exames desnecessários. Exames como a glicose e os níveis de colesterol ajudam bastante.

4- Entenda seus sintomas

Saiba descrever corretamente seus sintomas. Como quais são os fatores que pioram sua dor no peito? Quais fatores aliviam? Quando, onde e porque tem dor? Qual a duração dos sintomas?

5- Saiba corretamente seus dados pessoais

Saber qual o seu peso regular, sua dieta regular, quais cirurgias ou procedimentos já realizou. Qual a frequência em que realiza atividade física?

6- Não esqueça sua data de retorno

Lembre-se que ao consultar com um cardiologista você vai precisar fazer um retorno regular. Isto é básico e as pessoas precisam entender isto, pois envelhecemos e a cada ano que passa nossos fatores de risco podem mudar como peso, dieta, colesterol, glicose, pressão arterial e precisam ser reavaliados num retorno. Outro motivo é a reavaliação dos medicamentos em uso, que muitas pessoas não usam ou usam errado. Basicamente pacientes mais idosos >60 anos deveriam fazer retorno de 06-06 meses, pacientes mais jovens de 12-12 meses.

Sabendo estes 06 itens no momento em que você consultar com um cardiologista vai ser sensacional e vai ajudar no correto diagnóstico e tratamento. Seu médico vai agradecer e te ajudar.

*Dr. Juliano é cardiologista intervencionista  da Santa Casa de Cuiabá (RQE- 2724) e atende na Clinmed (Coração em dia) Rua Jaques Brunini – Jd. Europa 36343888/999142255; no IOCI – Jardim Italia – 30277000; e no Hospital de Olhos

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet