Olhar Conceito

Sábado, 13 de agosto de 2022

Notícias | Religiosidade

CUIABANIA

Comunidade celebra 45 anos de religiosidade com 'Festa de São João Batista'

24 Jun 2017 - 10:33

Especial para o Olhar Conceito - Aline Coelho

Foto: Reprodução / Ilustração

Comunidade celebra 45 anos de religiosidade com 'Festa de São João Batista'
Quem participa das festas juninas tão tradicionais no país, pode não pensar sobre o significado das datas que motivam as celebrações. O quentão, as comidas típicas, e a identidade sertaneja e caipira leva muitos a esquecer que os dias festivos no mês de junho surgiram para celebrar a vida dos santos da Igreja Católica, sendo o principal deles, São João.

Leia também:
Tradicional festa junina 'open bar e open food' acontece neste final de semana em Cuiabá

Mas tem gente que além de lembrar, trabalha o ano todo em devoção ao santo. É o caso da comunidade católica do Bairro Cidade Verde, em Cuiabá, que finaliza nesse sábado (24.06) as 19h30 a 45ª Festa de São João Batista.  Como último ato do mês de festividades em alusão ao nascimento do santo acontece a descida do mastro, a missa, e a procissão que tem como ponto alto o banho no santo, às margens do rio Cuiabá.

A ação de banhar o santo, tem forte significado para os fiéis. A atitude lembra os batismos que São João fez no rio Jordão, entre eles, o de Jesus Cristo. À beira do rio Cuiabá, o padre, que vai a frente da procissão junto ao santo, após o banho na imagem, benze os presentes, e puxa uma oração em agradecimento as bênçãos alcançadas pela interseção santo.

A comemoração de 2017 começou  no dia 10 de junho com a visita da bandeira as casas da comunidade, no último final de semana aconteceu a quermesse, com direito a maria isabel, sarapatel, farofa de banana, bingo e pescaria.

Tradição

Para os desavisados, a Capela de São João Batista pode parecer apenas, uma pequena construção perdida, em meio as ruas estreitas do bairro. Mas para quem é nascido e criado na região, independente da religião a construção é motivo de orgulho.

A capela com uma larga calçada usada como praça, na qual a festividade para celebrar o nascimento do santo é organizada e acontece em parte foi levantada pela mão dos moradores da antiga Cohab Velha.

"Nossos pais e avós ergueram a capela com as próprias mãos a quase 50 anos. Depois começamos a acompanhar a procissão ainda criança, então além da fé, nos sentimos na responsabilidade de manter viva a tradição e a devoção deles", comenta a organizadora da festa de São João Batista em 2017, Leidyane Coelho.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet