Olhar Conceito

Terça-feira, 20 de abril de 2021

Notícias / Religiosidade

ficou pequeno

Arautos do Evangelho promovem bazar em prol de construção de uma capela no Santa Rosa

Da Redação - Isabela Mercuri

11 Mai 2017 - 17:00

Foto: Olhar Direto

Padre Maurício e Irmão Bruno

Padre Maurício e Irmão Bruno

A pequena capela com capacidade para trinta pessoas, localizada no bairro Santa Rosa, ficou pequena para os fieis dos Arautos do Evangelho. Foi necessária a construção de uma maior, para 150, que já começou a ser feita por meio de doações. Para finalizar as obras e conseguir realizar as missas na nova casa, a comunidade promove, na próxima segunda-feira (15), um ‘Bazar Beneficente Multimarcas’ no Centro Cultural Paiaguás, das 9h às 19h.

Leia também:
'Rejeitada' após reforma, Catedral abriga padroeiro, grandes nomes da história e pinturas de mutilado de guerra

O Padre Maurício Sucena, que está à frente da capela, conta que esta é apenas uma das ações dos arautos, que são uma Associação Católica de Direito Pontifício. “Somos uma associação que está no mundo inteiro. Assim como existe, na Igreja, os Jesuítas, existem também os Arautos”, explica.

Os Arautos, grupo que nasceu em São Paulo, foi elevado à condição canônica de Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício pelo Papa João Paulo II. Em Cuiabá, a Associação já está há dezesseis anos, sempre realizando ações dentro da igreja.

“Fazemos trabalhos de formação de jovens católicos, de famílias, além de trabalhos dentro da paróquia, como os encontros que acontecem sempre no primeiro sábado do mês, com confissões, rezas do rosário e outras atividades”, explica o Padre.

Além disso, os Arautos em Cuiabá possuem também um grupo instrumental e um coral que se apresenta em encontros religiosos, e promove ações sociais. “Parte das doações que recebemos para o bazar, por exemplo, nós vamos levar a comunidades carentes, junto a mensagens de esperança”.

Construção

A nova capela do bairro Santa Rosa se fez necessária porque, aos domingos, quase 150 pessoas iam às celebrações. Com um espaço para apenas 30, a comunidade montou uma tenda. “Mas com o nosso clima de Cuiabá era impossível ficar ali dentro, mesmo com os ventiladores”, lamenta o religioso.

Por este motivo, os fieis se uniram para construir um novo espaço. Um engenheiro fez o projeto gratuitamente, outras pessoas doaram areia e caçambas ‘bota fora’. “Já organizamos também uma rifa, mas precisamos do bazar para terminar o principal para, pelo menos, conseguirmos fazer as missas lá no próximo mês”, explica.

O que falta, ainda, é o acabamento da Igreja. O sacerdote explica que só para colocar os 230 metros quadrados de piso será necessário mais R$25 mil. No total, com as janelas e portas, cerca de R$50 mil, e os bancos, por si só, custam R$45 mil. “Mas isso vamos conseguir com o tempo. Agora queremos o essencial para começar a celebrar as missas ali”.

No bazar haverá roupas da Diesel, Tommy Hilfiger e diversas outras marca, além de acessórios, artigos de decoração e outros com preços a partir de R$5. “Teremos produtos de qualidade a bom preço, e, além disso, com o acréscimo de estar ajudando a construção de uma capela que pode vir a acolher a pessoa quando precisar”, finaliza o padre.

Serviço

Bazar Beneficente Multimarcas
Data: Segunda (15), das 9h às 19h
Local: Espaço Cultural do Palácio Paiaguás, sede do governo do Estado
Mais informações pelo telefone (65) 3626-6256

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet