Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Música

Além de shows nacionais, 'Vem pra Arena' tem ex-The Voice Kids, peças teatrais, cover dos Beatles e mais

Da Redação - Isabela Mercuri

13 Out 2016 - 09:56

Foto: Reprodução / Ilustração

Vanessa da Matta se apresenta no sábado, às 22h30

Vanessa da Matta se apresenta no sábado, às 22h30

Acontece neste sábado (15) a quarta edição do ‘Vem pra Arena’ deste ano. Como atrações principais, a banda ‘O Terno’ (SP) e a mato-grossense Vanessa da Matta fecham a programação do primeiro dia, mas além deles muitos outros se apresentam no entorno da Arena Pantanal neste final de semana.

Leia mais:
Vanessa da Matta e banda ‘O Terno’ são atrações confirmadas em mais um Vem pra Arena 2016

As atividades, todas gratuitas, começam às 17h30 de sábado (15), com a peça ‘A Princesa Engasgada’, do Teatral Grupo de Risco (MS). O espetáculo faz parte da 7ª Mostra Internacional de Teatro Infantil (Miti), e conta as histórias de reis, princesas e camponeses.

A partir das 18h30, quem sobe ao palco são três cantores mirins que participaram do reality musical The Voice Kids. Manu Paiva, Kaliny Rodrigues e Cairo Henrique cantam por uma hora, até o Coletivo Diamond entrar e apresentar intervenções artísticas do projeto Circolando, às 19h30.

Apresentações de hip hop, dança de salão, stiletto e dança do ventre do Espaço Âmbar começam às 19h45, e logo depois, às 20h, Henrique Maluf e seu Cerrado Groove trazem soul e Black Music ao evento. A banda O Terno (SP) sobe ao palco às 21h30, e Vanessa Da Matta traz seus sucessos a partir das 22h30.

Palco da Praça

Semelhante a grandes festivais de música, o ‘Vem pra Arena’ terá mais de um palco nesta edição. O ‘Palco da Praça’ trará uma programação paralela, a partir das 18h30, com o quarteto ‘The Magic Four’, cover dos Beatles. ‘Mutare’, banda cuiabana de Hard Core, começa sua apresentação às 19h30.

Outra banda que se apresenta no mesmo palco, às 19h30, é a Mutare. Nascida em Cuiabá, a banda de hardcore tem influências variadas dentro do segmento e trafega por sons que vão desde o punk californiano - que se consolidou nos anos 90 com bandas como NOFX, Bad Religion e Pennywise - até sons mais modernos como os de Rise Against the Machine, Belvedere e A Wilhelm Scream. O quinteto também se inspira em bandas brasileiras como Dead Fish, Zander, Garage Fuzz, entre outros, para criar um som pesado, dinâmico e moderno.

Este ano a Mutare gravou seu primeiro EP com quatro faixas (“Mude”. “Aproveite o agora”, “Funesto” e “Obedecer”). O álbum está em fase de finalização do material gráfico com lançamento previsto até o final deste ano.

No domingo (16), as atrações no Palco Praça começam às 18h, com o grupo ‘Monofoliar’, que apresentaa peça Mel de Melão, também parte da 7ª Miti.

Domingo (16) também tem Vem Pra Arena. A programação cultural começa às 18h com uma atração voltada para as crianças. O grupo Monofoliar leva para o Palco da Praça o show Mel de Melão, que faz parte da 7ª Miti.

Logo depois, Vera Capilé apresenta choros e serestas, e Viviane Cantarella encerra a programação com um show de pop rock. Além da música, o Vem pra Arena também tem feira de artesanato, feira da Economia Criativa, biblioteca itinerante, feira gastronômica e o ‘Cine Arena’, com exibição de curtas, médias e longas-metragens mato-grossenses, bem como no espaço audiovisual do MT Imersivo, que exibe filmes em um planetário.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet