Olhar Conceito

Sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Natureza e fantasia são temas de exposições no Museu de Arte de MT a partir de quinta

Da Redação - Isabela Mercuri

14 Set 2016 - 09:16

Foto: Divulgação

MiHell

MiHell

O Museu de Arte de Mato Grosso recebe, a partir da próxima quinta-feira (15), duas novas exposições, uma voltada à natureza, “Mãe Terra”, da artista Tânia Prado, e uma ligada ao universo onírico, “Alicergia”, de MiHell. As duas mostras ficam no local até o próximo dia 29 de outubro e integram a 10ª Primavera dos Museus.

Leia mais:
Com mais de 50 manifestações artísticas, Cuiabá é aldeia Guaná em setembro no Sesc Arsenal

“Alicergia” fica no piso térreo do museu, e traz vinte obras inéditas que apresentam universos surreais, mundos fantásticos e elementos em miniatura. “Gosto de ir desenhando sem planejar muito, freehand mesmo, imaginando cada próximo detalhe durante a produção. Essa exposição deixará o visitante reflexivo pela ilusão dos efeitos em computação gráfica que preparamos”, afirma o artista plástico.



O nome da exposição, segundo MiHell, faz referência à personagem ‘Alice’, de Lewis Carroll. “Os efeitos sonoros e projeções acentuam o clima hipnótico. É uma exposição sensorial, pensada para mexer com o emocional, de várias formas. É para parar e observar com cuidado”, provoca.

Mãe Terra



Já no piso superior, dezoito telas pintadas literalmente com as mãos de Tânia Pardo formam a ‘Mãe Terra’, exposição inspirada nas cores, formas e biomas do Centro-Oeste do país. Suas obras inéditas são nomeadas com adjetivos como “Ternura”, “Resiliência”, “Surpreendente”, “Soberana”.

“Tânia atingiu grande maturidade em seu trabalho. Hoje, executa suas obras de corpo e alma, de forma solta, totalmente livre das amarras convencionais da tradição acadêmica da pintura. Com as mãos e o auxílio de pincéis de borracha consegue atingir efeitos visuais incríveis em seus trabalhos”, adianta o Prof. Dr. Laudenir Antonio Gonçalves, crítico de Arte e curador da exposição.

De acordo com a assessoria, a exposição “Mãe Terra” apresenta ainda duas instalações conceituais, “Ciclo da Vida” e “Linha da Vida”. “Licença poética à multiplicidade de espécies e suas relações com o todo, interligadas na teia da vida. São metáforas aos obstáculos da vida, teias que ligam o nascimento e a própria existência, o casulo que abriga o novo”, complementa Tânia. As duas exposições estão abertas de terça-feira a sábado, das 9 às 17 horas.

Serviço

“Mãe Terra” e “Alicergia”: duas novas exposições em cartaz no MAMT
De 15 de setembro à 29 de outubro
De terça a sábado, das 9h às 17h
O Museu de Arte de Mato Grosso está localizado na antiga Residência dos Governadores (Rua Barão de Melgaço, 3565, Centro)
Entrada franca

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet