Olhar Conceito

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Astrologia

Mini curso de astronomia gratuito e projeto de cinema imersivo são formas de aproximar sociedade da ciência

Da Redação - Isabela Mercuri

21 Mar 2016 - 17:41

Foto: Reprodução / Ilustração

Astronomia

Astronomia

Cuiabá divide sua data de aniversário com o Dia da Astronomia, e em homenagem ao oito de abril acontece na capital um mini-circuito-educacional-científico gratuito, e oferecido ao público em geral com foco na crianças e adolescentes, de 11 a 17 anos.

Leia mais:
Fenômeno raro alinha cinco planetas no céu e pode ser visto a olho nu durante um mês
Estação de observação astronômica de Rondonópolis registra 783 'estrelas cadentes' em nove meses

A programação acontece das 15h às 20h no dia 08 (sexta-feira), e terá palestras, oficinas e mostra de astrofotografia. Dentre os temas abordados, estão os buracos negros, a história da astronomia e a mecânica do movimento. Haverá ainda oficinas de nebulosas, de foguetes de garrafas PET e de Astrofotografia. O curso é gratuito e aberto ao público, e acontece na UFMT.

Dezenove telescópios estarão também disponíveis para o público observar os corpos celestes. O evento é organizado pela agência de notícias Space News, o astrônomo amador e presidente da Comissão de Projetos Humanitários do Rotary Clube de Cuiabá, Paulo Wolkmer, e os professores do Instituto de Física da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Elvis Lira e Alberto Sanoja, em parceria com os alunos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).

Cinema Imersivo

Outra forma de conhecer a ciência, que tem levado diversos mato-grossenses para mais próximos da astronomia, é o ‘Cinema Imersivo’, projeto da empresa Infinitte, selecionado Secretaria de Estado de Cultura (SEC) para participar do projeto “Circula MT”.

João Zílio, proprietário da empresa e oficineiro explica que os filmes são apresentados dentro de uma cúpula de planeta inflável e traz conteúdo ‘nerd’ aliado à cultura pop dos filmes.

No projeto, o grupo vai até a cidade, fala sobre astronomia, apresenta filmes sobre o assunto (produzidos por eles mesmos) e ainda uma oficina de Stop Motion, onde o público produz seus próprios filmes.

Dentre os filmes apresentados na programação, estão ‘Pulguito’ (animação) e ‘Além do azul’ (documentário em fotografia), ambos da equipe de produção. Há ainda a produção americana, ‘De volta pra lua – para ficar’.

Ainda para o segundo semestre deste ano, a empresa já está produzindo a animação ‘Um olhar para o céu’, que vai contar a criação do universo sob a ótica dos índios Cinta-Larga. Eles pretendem apresentar este filme no Festival de Cinema Brasileiro em Domos.

De acordo com a assessoria, com o Circula MT a empresa já levou a astronomia para Diamantino, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde. No próximo domingo (27.03) estarão em Primavera do leste e, dia 28, em Tangará da Serra.

Em outras ações, além de stop motion, eles também ministram oficinas de: Astrofísica, Movimentos das estrelas, Gravitação dos planetas e Astropet (foguetes em garrafa pet). Para ter mais informações, acesse AQUI. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet