Olhar Conceito

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Colunas

Intestino: De vilão a mocinho

Autor: Laryssa Moraes Alves Corrêa

16 Nov 2015 - 09:15

Arquivo Pessoal

Se esse nome soa estranho e formal peço que preste bem atenção no que vai ler agora!

Você sabia que quase 1,5kg de nosso peso corporal é proveniente das bactérias que habitam nosso intestino? Sabia, também, que o intestino é o segundo maior órgão secretor de neurotransmissores perdendo apenas para o cérebro? Sabia que casos de depressão, obesidade, diabetes, intolerância alimentar, cansaço, alteração de trânsito intestinal, corrimentos vaginais são causados por simples desequilíbrio das bactérias que habitam o intestino? E pasmem! Que pelo menos 70% da sua imunidade está relacionada a uma flora intestinal saudável equilibrada?? Se a resposta é NÃO peço que comece a observar e cuidar mais da saúde do seu intestino.

O termo disbiose refere-se a qualquer evento que provoque desequilíbrio na flora bacteriana intestinal com predomínio de uma flora patogênica em relação ás floras comensais (as benéficas para o intestino). Muitas pessoas sofrem com a disbiose mas na maioria das vezes nunca soube que seu intestino poderia ser seu inimigo.

Se você não vai ao banheiro todos os dias, se alterna períodos de constipação com diarreia, se fica estufado com a sensação de que comeu muito mais do que devia mesmo tendo comido pouco, se tem crises de enxaqueca que nunca resolvem com o tratamento convencional, se não perde peso fazendo a dieta correta, se vive doente e pega todas as viroses que surgem na estação, você precisa cuidar do seu intestino urgente!

Cuidar da flora intestinal é requisito básico para qualquer tratamento que você deseja fazer. Longevidade, emagrecimento, imunidade, intolerância alimentar e os demais citados podem melhorar com nutrição adequada do intestino.

Uma alimentação baseada na ingestão de fibras, ácidos graxos de cadeia média, aminoácidos como glutamina, ingestão adequada de água já são um excelente começo. O reequilíbrio da flora com lactobacilos específicos para alteração é essencial para o bem-estar do intestino. O órgão que já foi vilão hoje é mocinho e merece toda a sua atenção.

--

*Laryssa Alves Corrêa é médica da clínica Tez Estética, Pós graduada em nutrologia e nutrição clínica. Escreve semanalmente para o Olhar Conceito, aos sábados.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet